12 Dicas para Ganhar Músculos Fortes e Flexibilidade!

massa-muscularPara ganhar músculos fortes e flexíveis é importante além de fazer seus exercícios da forma correta ter também uma boa carga de conhecimento sobre o assunto, quanto mais conhecer sobre exercícios, alimentação e suplementação alimentar certamente melhores serão seus resultados. A base mais fundamental que é extremamente importante é sua nutrição, o que pode ser aprendido cm certa facilidade.

Para que tenha acesso fácil a informações de altíssima qualidade lhe recomendo dois livros digitais que foram elaborados por nutricionista esportiva para que tenha total condição de montar uma dieta balanceada para realmente ganhar muita massa muscular, os livros são:

Agora que já sabe onde buscar informações de altíssima qualidade e credibilidade sobre nutrição esportiva, e certamente o fará para ter bons resultados, confira as dicas a seguir para ganhar músculos fortes e flexíveis.

Dicas Ótimas que Vão Turbinar seus Treinos e Resultados na Academia!

Estas são diversas dicas simples e aleatórias que visam evitar os erros mais frequentemente cometidos durante os exercícios. Algumas dicas podem parecer simples até demais, porém recomendo que ao menos as teste e tire suas conclusões, assim poderá ver que realmente funcionam!

Matérias Especiais para Você...

12 Kg em 1 MêsEspecial: Ana Emagreceu 12 Kg em 1 Mês!
Confira o que ela fez para conseguir emagrecer!

Café VerdeDETOX é o Novo Xodó dos Especialistas!
Emagreça com muita facilidade através dele!
  1. Abdominais: não faça abdominais todos os dias, assim como qualquer outro grupo muscular do corpo a região abdominal necessita de um período de descaço para poder fazer sua recuperação.
  2. Abdominais sem dores no pescoço: algo bastante comum é ver pessoas que ficam com dores no pescoço ao fazer abdominais, isto é pela má postura adotada ao fazer o exercício, uma dica para evitar estar na postura errada é fazer abdominais com a língua no céu da boca, isto ajuda a posicionar corretamente o pescoço.
  3. Flexibilidade: alongar é algo muito importante, com o passar do tempo nossos músculos vão ficando cada vez menos flexíveis, portanto se possui menos de 40 anos mantenha a fase final do alongamento por 30 segundos, já para quem tem mais de 40 anos o ideal é manter o alongamento por 60 segundos para ter melhores resultados.
  4. Tempo de treino: para quem pretende ganhar músculos o treino não deve ser superior a 60 minutos, após este período além de o corpo acelerar muito o metabolismo (e queimar mais calorias) ainda passará a produzir mais cortisol, que acaba bloqueando os efeitos da testosterona.
  5. Sequência correta de treino: tenha em mente que músculos menores entram em fadiga muscular antes que os grupos maiores, sendo assim a sequência correta de treino é halteres, barras com pesos e para finalizar os aparelhos.
  6. Tênis adequados: para escolher tênis para se exercitar deve o fazer no fim do dia (seus pés estão maiores), certifique-se de que o tênis está confortável e que seus dedos podem se mexer livremente.
  7. Costas mais largas: o “truque” para isto está na posição de suas mãos ao fazer pulley, posicione seus polegares ao lado do dedo indicador, ao fazer esta simples alteração na pegada da barra estará diminuindo a carga para os braços e a transferindo para as costas, vale lembrar que isto também vale para o pulley frente.
  8. Contagem regressiva: conte suas repetições de trás para frente, desta forma estará contando quantas faltam e não quantas já foram feitas, pode não parecer mas faz toda a diferença.
  9. Faça o que não gosta primeiro:  todos temos algum exercícios que não gostamos, isto geralmente é justamente porque somos fracos naquele exercício, sendo assim é fundamental o fazer e preferencialmente primeiro, além de maior disposição ainda estamos com muita energia.
  10. Treine até não aguentar: um ponto importante a observar é que para ter melhores resultados deve fazer seus treinos com cargas pesadas e repetições até seu músculo não aguentar, são geralmente poucas repetições como 8 ou 6,o importante é ser pesado.
  11. Recupere-se muito mais rápido: treinar durante a recuperação muscular pode ajudar, mas deve ser um treino com no máximo 20% da carga normal com 2 séries de 25 repetições, isto fará seu corpo levar mais sangue para o músculo em recuperação, este sangue irá carregar nutrientes como proteínas e BCAA’s, que são fundamentais para a recuperação muscular.
  12. Treine cada vez mais pesado: sempre vá aumentando a intensidade de seus treinos, seja com cargas maiores, mais repetições ou até mesmo uma série adicional, o ideal mesmo é ir aumentando os pesos, mas vá aumentando gradualmente, assim não correrá o risco de lesões.

Comente Este Artigo!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *