Conheça a Dieta Anti-Inflamatória, Excelente para Emagrecer!

dieta-anti-inflamatoriaUm problema pelo qual muitas pessoas passam sem nem mesmo imaginar é por algumas inflamações que se instalam de forma silenciosa no corpo, sem deixar qualquer indicação do que está ocorrendo, o grande problema é que estas inflamações geralmente ocorrem nos tecidos adiposos, o que leva o corpo a acumular ainda mais gordura. Em alguns casos mais graves esta infecção pode ir para outras regiões do corpo e causar diversos tipos de problemas. Aqui poderá ver como evitar isto com sua alimentação, é muito simples e eficiente!

Antes de falar da dieta anti-inflamatória em si é importante ressaltar que ela também serve para minimizar as dores musculares de quem pratica muita atividade física pois estas dores são resultados na maior parte das vezes de processos inflamatórios. A dica para quem faz musculação é apenas estar atento ao cardápio que é para dieta de emagrecimento, basta o alterar nas quantidades mas mantendo os ingredientes, também vale a pena conferir as Receitas para Ganhar Massa Muscular.

Existem alguns tipos de alimentos que são conhecidos por criar condições favoráveis para processos inflamatórios, são os alimentos que possuem certo potencial alergênico, outro fator que também contribui para os processos inflamatórios são os alimentos ricos em carboidratos com alto índice glicêmico (IG), veja a seguir alguns destes alimentos a serem evitados em sua dieta.

Entenda sua Alimentação e o que Não deve Comer!

Inicialmente mostrarei o que deve ser evitado em sua dieta e posteriormente quais são os alimentos que podem ser grandes aliados em sua alimentação contra inflamações, ao final uma sugestão de cardápio para esta dieta. Estes alimentos a serem evitados são tão comuns e frequentes na alimentação que geralmente passam desapercebidos, portanto é preciso estar atento a isto.

Lactose (açúcar do leite) e Glúten (proteína do trigo e cevada): estes dois alimentos podem ser problemáticos, porém não para todas as pessoas, há muitas pessoas que tem certa intolerância a estes alimentos e nem mesmo imaginam, tudo ocorre de forma silenciosa no organismo. Se não sabe como seu organismo reage a estes alimentos o melhor a fazer é procurar por um médico para descobrir a quais alimentos seu organismo tem intolerância (isto é feito através de exames bem simples).

Matérias Especiais para Você...

12 Kg em 1 MêsEspecial: Ana Emagreceu 12 Kg em 1 Mês!
Confira o que ela fez para conseguir emagrecer!

Café VerdeDETOX é o Novo Xodó dos Especialistas!
Emagreça com muita facilidade através dele!

Pão e Arroz (carboidratos de alto índice glicêmico): alimentos de alto índice glicêmico são importantes fatores causadores de inflamações no organismo, sempre que possível opte por suas versões integrais, isto tornará rapidamente sua alimentação muito mais saudável. Ainda falando em carboidratos de alto índice glicêmico também deve lembrar que refrigerantes, sucos já adoçados e guloseimas em gelar são os que apresentam os maiores índices, portanto os evite ao máximo!

Verduras, frutas e temperos (grandes aliados): consumir verduras e frutas variadas aliados a temperos ricos em polifenóis é uma ótima forma de combater processos inflamatórios, entre estes temperos não deixe faltar o limão, cúrcuma e orégano, que já são conhecidos por ajudar a combater inflamações.

Sugestão de Cardápio para Dieta Anti-inflamatória!

O cardápio a seguir possui uma dieta de apenas 1300 calorias, o que por si só já é ideal para queimar gorduras, é ainda elaborado de forma que terá uma alimentação balanceada e rica em nutrientes que ajudarão a combater processos inflamatórios.

Café da manhã: shake de whey protein batido com 3 morangos, 200ml de água de coco, ½ polpa de açaí, 1 colher (sopa) de chi hidratada (deixar de molho na véspera), 2 nozes e 1 colher (sopa) de leite de coco light.

Lanche da manhã: 1 fruta amarela (laranja, tangerina, pêssego, nêspera, etc)

Almoço: salada de alface, rúcula, tomate e broto de alface à vontade com 3 colheres (sopa) de cenoura ralada. Tempere sua salada com limão e 1 colher (chá) de azeite extravirgem, 1 colher (sopa) de semente de girassol. 4 colheres (sopa)de arroz integral, ½ concha de feijão com 1 filé (150g) de peixe grelhado (preferencialmente atum ou salmão).

Lanche da tarde 1: 1 fruta vermelha (ameixa, maçã, morango, romã, etc)

Lanche da tarde 2: shake de whey protein batido com 200 ml de água de coco (ou água mineral), 1 polpa de frutas vermelhas congeladas (framboesa, amora, morango), 1 colher (chá) de semente de chia, 1/2 banana e 1 noz.

Jantar: salada de abacate com 2 colheres (sopa) de abacate picado, tomate, manjericão e azeitona. Tempere sua salada com pimenta-do-reino, vinagre balsâmico, pouco sal e 1 fio de azeite extravirgem. omelete de 2 gemas e 3 claras batidas, 2 colheres (sopa) de aveia em flocos, 1 fatia de tofu (picado) e pouco sal.

Ceia: 1 pote de iogurte natural (desnatado), 1 colher (sobremesa) de linhaça triturada e canela em pó. (caso queira adoçar utilize estévia).

Comente Este Artigo!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *